.
 

Nota de falecimento

O criador deste site, mestre em Física e professor universitário Ari Zwirtes faleceu no dia 30 de novembro de 2011.
Restaurador e colecionador notável de rádios antigos, ele conseguia unir a prática em eletrotécnica com a disciplina de
Eletrônica que lecionava na Universidade de Ijuí. A tristeza que eternamente envolverá os seus familiares e amigos,
somente será reduzida pela felicidade de ter com ele convivido.

Márcia, esposa, Augusto, filho e Daltro D’Arisbo, amigo.

Meu nome é Ari Zwirtes. Nasci no município de Dr. Maurício Cardoso (RS) no ano de 1951. Meus pais transferiram residência para Ijuí (RS) no ano de 1955 onde sigo vivendo até hoje. Atualmente trabalho como professor de Física na UNIJUÍ (Universidade Regional do Noroeste do Rio Grande do Sul).

Minha vocação por rádios iniciou quando realizei o curso de Radio e Televisão por correspondência do IUB (Instituto Universal Brasileiro) no ano de 1966. Trabalhei como radiotécnico até 1974, indo então estudar em Santa Maria (RS), na UFSM. Formado em Física – Licenciatura no ano de 1979, iniciei o trabalho docente, trabalhando como professor de Física. Continuei estudando eletrônica vivenciando as novas tecnologias que sucederam as válvulas através dos semicondutores.


Minha coleção de rádios antigos principiou em meados de 2003, quando comentei com meu irmão mais velho, Darci Zwirtes, do interesse em conseguir um rádio valvulado como lembrança da época em que fui radiotécnico. Mais tarde ele me presenteou com um SEMP modelo 538 em péssimo estado. A necessidade em conseguir o esquema deste rádio me levou à Internet onde descobri o site MercadoLivre e outros endereços interessantes sobre antiguidades. Fiquei entusiasmado e adquiri um Philips BR 426-A através de um leilão e não parei mais de fazer aquisições e procurar por rádios antigos em lojas de móveis usados e antiquários.

O entusiasmo foi estendido na procura por colecionadores de rádios com quem pudesse trocar idéias e conseguir peças de substituição para o conserto dos rádios. Pude verificar que este é um hobby pouco difundido na atualidade e com poucas pessoas que se dediquem à preservação da história do rádio.

Em 2005, por ocasião do Ano Mundial da Física, emprestei minha coleção para uma exposição no Museu da Universidade de Ijuí com o objetivo de resgatar e compreender o significado e a contribuição dos diferentes cientistas na invenção e aperfeiçoamento do rádio.

Através deste evento tive o privilégio de conhecer o engenheiro, bacharel e colecionador de rádios antigos, Daltro de Souza D’Arisbo, cuja amizade e parceria são indispensáveis para a qualificação e aumento do número de rádios da minha coleção.

Atualmente tenho mais que 50 rádios restaurados, divididos em várias categorias. A grande maioria foi conseguida através de doações de amigos ou conhecidos que indicam onde posso adquirir alguma raridade.

Este trabalho é dedicado aos apreciadores de antiguidades, em especial ao meu filho Augusto que possibilitou a experiência única de ser pai.

.Ari Zwirtes

   

Criação e Desenvolvimento The Game Space - www.thegamespace.com.br

Todos os direitos reservados
Radio Antique®